Lista de produtos por fabricante: Rozini

Amizade, confiança e comprometimento, estes são os princípios que, desde 1996, serviram de base para a fundação da Rozini.

Amizade, confiança e comprometimento...
Estes são os princípios que, desde 1996, serviram de base para a fundação da Rozini.
A amizade e confiança de dois amigos, um com o conhecimento comercial, adquirido em vinte anos trabalhando no mercado musical. O outro, com o conhecimento técnico, que conquistou em trinta anos de trabalho em um dos mais conceituados fabricantes de instrumentos musicais do Brasil.
Esta parceria teve o comprometimento, desde o início, de entrar no mercado com um produto próprio, que oferecesse qualidade a preço justo.
Assim, sempre fazendo novas parcerias com experientes luthiers e atentos às necessidades dos músicos, estamos constantemente revendo conceitos e aplicando-os em nossos instrumentos para jamais perdermos este foco.

Para refletir...
O mercado de instrumentos musicais hoje, é muito concorrido. Tradicionais fabricantes nacionais do setor fecharam suas portas ou passam por dificuldades.
Altos impostos deixam o custo de nossos instrumentos com um valor pouco atrativo comparado com o grande número de opções de importados disponíveis no mercado, principalmente os provenientes da China, os famosos “Ching-lings”.
Sobre esta questão, existem dois aspectos onde é válido refletir.


Primeiro, o cunho social:
Citamos nosso próprio exemplo: A Rozini emprega 70 colaboradores diretos e muitos outros indiretos. Cada colaborador têm seus próprios dependentes.
O que está acontecendo, por conta da entrada desses importados, é que fabricantes mais tradicionais e que empregavam muito mais mão-de-obra que a Rozini, estão fechando suas portas, desamparando famílias inteiras.
Como consumidor que somos, realmente e infelizmente, nossa preocupação é mais imediatista, ou seja, no momento da compra o que importa é gastar menos.


Neste caso, pensemos no segundo aspecto:
Nos dirigimos mais especificamente a quem está começando seus estudos musicais. É notório que além de preços atraentes, a grande maioria desses instrumentos, pouco, ou nada mais têm a oferecer. Matérias-prima de muito baixa qualidade, falta de conhecimento técnico empregado na mão-de-obra e a ausência total de um controle de qualidade, infelizmente, são características desses instrumentos. Dessa forma, um possível futuro músico profissional poderá se desvirtuar de sua vocação já nos primeiros acordes, no momento que não conseguir construir seqüências em uma escala que não oferece afinação ou machucando os dedos devido a altura da ação das cordas estar muito alta, por conta de um braço empenado... isto, entre tantos outros problemas que podem surgir. E quando acontecer, pra piorar, a maioria destes não oferecem qualquer garantia ou assistência.
Para finalizar este assunto, o que queremos deixar claro é que, absolutamente, não temos nada contra os instrumentos importados que agregam qualidade a um preço justo. Nem impor a idéia de que optem por instrumentos nacionais simplesmente por que geram empregos a brasileiros. O que queremos passar aqui é que, na hora de sua escolha, leve em consideração a questão custo/benefício.


Temos uma constante preocupação com a principal matéria-prima de nossos instrumentos, a madeira.
Não é de hoje que pesquisamos alternativas para que haja o menor impacto possível ao meio-ambiente.
Dessa forma você pode ter a certeza de estar adquirindo um produto manufaturado somente com madeiras legais, que provêm de áreas de manejo florestal.
Desde 2006, quando foi estabelecida pelo IBAMA uma portaria que regulamenta atividades com produtos florestais, apenas compramos madeiras sob a licença do órgão. Ou seja, madeiras que tenham DOF (Documento de Origem Florestal).

Mais
por página
Mostrando 1 a 18 de 25 itens
Mostrando 1 a 18 de 25 itens